ventiladores de teto ou portÁteis ou ar condicionado?

O ar condicionado está na moda, não só no Brasil ou em Portugal, mas também em termos mundiais. Mesmo em países com climas frios ou moderados, são cada vez mais as habitações e outros edifícios usando ar condicionado no Verão.

E uma pergunta se impõe: Qual a melhor solução? Ventiladores ou ar condicionado?

Ventiladores: uma opção para países e gente pobre ou Uma opção inteligente?

Em certos meios sociais o uso de ventiladores é visto como uma opção ultrapassada, para gente pobre e sem meios para terem ar condicionado.

Mas essa é uma visão errada.

Ventiladores ou ar condicionado?O uso de ventiladores – e o uso de estratégias de ventilação natural e de meios de sombreamento - é uma opção eminentemente amiga do ambiente, e é também uma opção inteligente. Os ventiladores podem proporcionar bons níveis de conforto térmico, e substituir parcial ou totalmente o ar condicionado. E é isso que deve acontecer, não o contrário.

Os sistemas de ar condicionado usam demasiado eletricidade e requerem, a nível mundial, muitas dezenas de centrais térmicas e nucleares, sendo por isso uma causa importante do aquecimento global e do efeito estufa.

Ver:
Ar condicionado, consumo elétrico e gases de estufa
Como reduzir drasticamente o uso de ar condicionado

Há que usar o ar condicionado seletivamente, para as situações em que ele é realmente necessário e mais vantajoso: em climas quentes e húmidos e em períodos de grande humidade. Há que promover o uso ventiladores e de sistemas de ventilação natural, combinados com uma arquitetura inteligente, a nível dos nossos edifícios.

Vantagens dos ventiladores de teto e de mesa

O ar condicionado só é verdadeiramente vantajoso e só se justifica em climas com grandes níveis de humidade, onde a ventilação não proporciona conforto térmico.

Noutros casos, há que sobretudo apostar em estratégias de ventilação natural, no uso de ventiladores e numa arquitetura inteligente (baseada em brisas, em sombreamento, em isolamento térmico, em envolventes externas adequadas) capaz de reduzir as necessidades de arrefecimento dos nossos edifícios.

O uso de ventiladores é uma opção Mais barata e mais amiga do ambiente

Não se deixe levar pela onda da moda do ar condicionado. Considere-o em climas com humidade acima da média, mas considere alternativas ao ar condicionado, se não vive em tais climas.

Os ventiladores – de teto, de mesa, outros – usam uma pequena fração da energia consumida pelo ar condicionado. Eles são muito baratos comparativamente ao ar condicionado, e permitem aliviar a pressão sobre as nossas redes elétricas, ao mesmo tempo que permitem que a eletricidade seja canalizada para outros setores (carros elétricos, por exemplo).

Os ventiladores não baixam a temperatura ambiente das divisões onde estão instalados, mas isso não significa que não proporcionem bons níveis de conforto térmico; eles permitem reduzir a humidade a nível da nossa pele, e sso equivale a baixar a temperatura ambiente em vários graus.

Só há que localizá-los adequadamente no teto, ou na mesa, ou na parede... de modo a que a circulação de ar beneficie quem os está a usar. Um mau posicionamento, torna-os ineficazes. Há também que procurar ventiladores com uma capacidade adequada.

Há que saber escolhê-los de acordo com o tamanho da divisão que se quer climatizar, e há que escolhê-los adequadamente, de acordo com a sua eficiência energética.

Ver:
Ventiladores de teto
Ventiladores portáteis/de mesa
Os melhores ventiladores de teto: marcas, fabricantes, onde comprar
Os melhores ventiladores de mesa: marcas, fabricantes, onde comprar
The two sides of

Ventiladores vs. Ar condicionado

E há também que considerar o uso combinado de ar condicionado e ventiladores. A opção não deve ser vista apenas em termos de Ar condicionado ou Ventiladores de teto e de mesa. Há situações em que o uso simultâneo se pode justificar.

Ver: Usar AC e ventiladores ao mesmo tempo?

 

 

 

 

Contents Topo .... Início